Uso da vitamina C em cosméticos naturais

A vitamina C ou ácido ascórbico é uma vitamina essencial na saúde humana, pois auxilia o corpo na redução de radicais livres, que são responsáveis pelo envelhecimento celular. Ela também exerce atividade anti-inflamatória, melhora a elasticidade e firmeza e favorece a produção de colágeno e elastina.




Apesar disso, o uso da vitamina C em cosméticos ainda é desafiante, pois é uma substância instável e pode causar irritações em peles sensíveis. Para manusear e aplicar a vitamina C em seu cosmético, é preciso estar atenta ao pH, temperatura e demais ingredientes envolvidos na formulação, pois é uma matéria prima que tende a oxidar com facilidade, o que pode prejudicar o desempenho do produto.


O ácido ascórbico - a vitamina C em sua forma mais pura, é altamente suscetível a oxidação ao entrar em contato com a água, luz e ar. Por isso, foram desenvolvidos materiais derivados, outras versões da vitamina C mais estáveis para uso cosmético, com o objetivo de proporcionar maior eficácia e penetração cutânea.


Ainda sim existem detalhes específicos para a formulação de um cosmético com vitamina C e você precisa conhecer alguns segredos para aplicar este ativo com segurança e autonomia em suas formulações.


São diversas versões da vitamina C estabilizada disponíveis no mercado e cada um delas possuem suas especificações de dosagens, pH, temperatura e veículos compatíveis. Conheça algumas delas:


Palmitato de ascorbil

O palmito de ascorbil ou L-ascorbyl palmitate é obtido a partir da esterificação de ácido ascórbico com ácido palmítico, se trata de um versão lipossolúvel da vitamina C, garante estabilidade do ativo, confere boa permeação cutânea e é não irritante.


Faixa de pH recomenda para formulações: 5-6

Concentração de uso: 0,5-10%

Ponto de fusão: 107 - 117 °C

Solubilidade: óleo e álcool



Ascorbil fosfato de sódio

O ascorbil fosfato de sódio é bioconvertido em ácido ascórbico (vitamina C) a partir das enzimas da pele. Trata-se de um pó branco e inodoro, solúvel em água. É um ingrediente multifuncional com boa atividade antioxidante e previne a acne, indicado para peles oleosas e acneicas, devido a sua ação antimicrobiana.


Faixa de pH recomenda para formulações: 6-7

Concentração de uso: 1-5%

Temperatura indicada: 40°C

Solubilidade: água


Ascorbil fosfato de magnésio:

O ascorbil fosfato de magnésio é um sal do ácido ascórbico considerado estável a luz e ao oxigênio. Sua aparência é de um pó branco/ amarelado claro, é solúvel em água e a faixa de pH é restritiva a 6-7. Devido a a sua concentração, o ascorbil fosfato de magnésio pode ser usado em concentrações mais baixas, o que é ideal para peles sensíveis.


Faixa de pH recomenda para formulações: 6,5-8

Concentração de uso: 1-3%

Temperatura indicada: 40°C

Solubilidade: água


Vitamina C nanoencapsulada:

A vitamina C nanoencapsulada tem suas vantagens porque o nanoencapsulamento protege os ativos da degradação e evita a oxidação na pele, antes de penetrar nas camadas mais profundas. Outra vantagem dos nanoativos é ação prolongada do produto, proporciona melhor resultado em um período mais curto de tempo. A origem da sua vitamina C nanoencapsulada vai depender do fornecedor, elas podem ser produzidas a partir do palmitato de ascorbila, ascorbil tetra iso palmitato, ascorbil fosfato de sódio, ascorbil fosfato de magnésio ou outro derivado do ácido ascórbico.


As indicações de concentração, temperatura, pH e solubilidade vitamina C nanoencapsulada irão depender da origem e essas informações podem ser confirmadas com o fornecedor.


Agora, que você já as melhores versões da vitamina C disponíveis no mercado, quero te contar mais alguns segredos para deixar o seu cosmético com vitamina C ainda mais potente.


Adição de ingredientes que potencializam o efeito da vitamina C

O efeito antioxidante da vitamina C pode ser potencializado com a adição de ativos como o resveratrol, vitamina E, ácido kojico, ácido ferúlico e ácido hialuronico.


Embalagem e armazenamento

Os cosméticos formulados com vitamina C devem ser armazenados longe de fontes de calor ou umidade e, preferencialmente, envasados em recipientes de vidro âmbar.


Fique atenta a faixa de pH e temperatura

Cada derivado da vitamina C terá uma faixa de pH e temperatura determinada para manter a sua estabilidade, essas indicações devem ser respeitadas para a devida eficácia do seu produto.


Você gostou de conhecer as principais soluções para aplicar a vitamina C na cosmética? Eu espero que sim e quero te dizer que é possível criar cosméticos de alta tecnologia utilizando ativos inteligentes para melhorar a eficácia do produto na pele.


A busca por produtos de cuidados faciais que tenham resultados visíveis cresceu e a aplicação de ativos específicos em cosméticos naturais faz parte de uma nova geração de cosméticos limpos, que unem a tecnologia e a natureza a favor da saúde da pele.


Você quer aprender como criar fórmulas incríveis para potencializar o seu skin care? Participe do Curso de Cosmética Facial Inovadora da PerfuMaria das Ervas. Se trata de uma jornada de aprendizado online, onde você vai aprender como desenvolver o seu cosmético facial aplicando a biotecnologia a favor da sua pele.


Descubra como usar vitamina C, ácido hialurônico, niacinamida, pantenol, esqualano vegetal, compostos fitoterápicos e ativos nanoencapsulados para melhorar o desempenho dos seus produtos de beleza.


Eu tenho certeza que você vai amar participar dessa jornada com a gente e preciso te avisar para fazer a sua inscrição logo porque as vagas são limitadas e os ingressos do primeiro lote com valor especial já estão sendo vendidos.


389 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo